Ex-piloto da Minardi na F1, Tuero anuncia aposentadoria

Argentino que fez a temporada completa de 1998 se retira das pistas aos 38 anos

Esteban Tuero fez sua estreia na F1 no GP da Austrália de 1998, então com 19 anos e 320 dias, na época, o terceiro piloto mais jovem na história a fazer a começar, atrás de Mike Thackwell e Ricardo Rodriguez. Desde então, ele foi rebaixado para o sexto lugar da lista, com a entrada de Fernando Alonso, Jaime Alguersuari e Max Verstappen.

O destaque de sua primeira e única temporada na categoria foi o oitavo lugar no GP de San Marino. Em 16 provas, Tuero só chegou receber a bandeira quadriculada em mais três outras ocasiões.

Durante o inverno seguinte, quando o argentino teve seu contrato pronto para ser renovado com a Minardi, ele decidiu deixar a F1 e voltou a correr em seu país de origem.

De volta à Argentina, Tuero correu pela TC2000, Turismo Carretera, Top Race e Turismo Nacional, onde ganhou a "Clase 3" em 2008. Naquele ano, ele também participou da FIA GT, na Europa.

Tuero vai fazer sua última aparição como piloto profissional neste fim de semana na última etapa da temporada do Turismo Nacional em Viedma, Argentina.

"Com 38 anos, sendo 30 correndo, eu só posso ser grato a todas as pessoas que me acompanharam durante minha carreira", escreveu Tuero no Twitter.

"Agradeço aos mecânicos, patrocinadores, diretores esportivos, fabricantes, diretores de categoria, colegas, jornalistas e amigos e, acima de tudo, minha família pelo apoio incondicional desde o primeiro momento."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Esteban Tuero
Equipes Minardi
Tipo de artigo Últimas notícias