Exclusivo: Campeões no Brasil celebram renovação do GP em Interlagos

compartilhar
comentários
Exclusivo: Campeões no Brasil celebram renovação do GP em Interlagos
10 de out de 2013 08:48

Todos os detentores de títulos do atual grid conquistaram campeonatos em Interlagos - e viraram fãs do circuito

A foi muito bem recebida pelos pilotos no paddock de Suzuka, que destacaram a pista e o clima da prova, sempre com arquibancadas cheias, cenário diferente do encontrado em muitos dos novos mercados que a Fórmula 1 vem desbravando nos últimos ano. O TotalRace conversou com todos do atual grid que conquistaram seus campeonatos no circuito de Interlagos – e não são poucos.

O último deles foi Sebastian Vettel, que não esqueceu os dramas vividos na última etapa do campeonato do ano passado.

“Não me importava com o tamanho do paddock, mas fico feliz com a renovação. É engraçado porque é um circuito legal, mas não há nada de especial na pista. Ainda assim, as corridas que acontecem lá são especiais. Parece que sempre acontecem coisas loucas por lá.”

Quem também sabe muito bem as dificuldades que Interlagos pode proporcionar é Lewis Hamilton, personagem de uma das decisões mais dramáticas da história do circuito e da própria Fórmula 1. O inglês fez uma ultrapassagem na última curva da última volta para se sagrar campeão em 2008 e se declarou um fã da pista e do país.

“Amo o Brasil, é uma das minhas corridas favoritas do ano. É um ótimo circuito, o clima é sempre bom e a atmosfera criada pelos torcedores, com a batucada e tudo mais, é única. Lembro de jogar videogame quando era criança e era sempre o primeiro GP”, afirmou o piloto, que curiosamente nunca venceu em Interlagos.

“Fico feliz que a corrida esteja mantida no calendário, especialmente porque as arquibancadas estão sempre cheias. Espero que aumentem as arquibancadas para que mais gente possa vir. Estou muito animado para ir porque estou em uma nova equipe e nunca venci lá, então acho que terei uma chance maior neste ano.”

Outro que também nunca ganhou uma corrida, mas conquistou dois campeonatos em solo brasileiro é Fernando Alonso, dono de uma coleção de sete pódios.

“A pista do Brasil é muito interessante e sempre nos oferece provas boas de pilotar. Há a imprevisibilidade do clima, que nos faz sofrer todo ano. Há a paixão dos torcedores porque o Brasil tem uma grande tradição e cultura de Fórmula 1 e sempre houve muitos pilotos brasileiros no grid. Tudo isso faz com que seja um GP muito especial para nós”, garantiu o piloto espanhol, campeão em 2005 e em 2006 na Interlagos.

“Do primeiro, lembro muito bem daquela tarde e da viagem para casa com o troféu. Tenho grandes lembranças. Nunca venci lá, apenas de ter muitos pódios. Tomara que possa vencer pelo menos uma vez até 2020.”

Bem ao seu estilo, Kimi Raikkonen disse que não tem nenhuma relação especial com Interlagos, circuito onde se sagrou campeão em 2007. “Gosto de ir para todos os circuitos. Eles são diferentes, não apenas as pistas, como também as coisas que os cercam. Mesmo tendo sido campeão lá, o fato de eu ir bem ou não em determinado lugar não muda nada para mim. Se eu tivesse abandonado várias corridas lá não seria diferente.”

Em 2009, foi a vez de Jenson Button conquistar o título. A prova que deu o título ao inglês, que largou fora de posição depois de um verdadeiro dilúvio cair no treino classificatório, também não foi das mais simples.

“É uma grande notícia. Muitos campeonatos foram vencidos em Interlagos. É uma daquelas corridas em que os torcedores, claro, apoiam os pilotos da casa, mas também são apaixonados pelo automobilismo”, destacou.

Vencedor em 2006 e 2008 e pole em 2006, 2007 e 2008, Felipe Massa espera ter a chance de desfrutar – na pista – da renovação. O único piloto brasileiro no grid busca uma vaga para a próxima temporada.

“Fico feliz que a corrida continue no Brasil por muito tempo, o que é muito importante para nosso automobilismo no geral. Espero continuar correndo no Brasil, uma pista em que sempre me dou muito bem.”

Quem também já brilhou em Interlagos é Nico Hulkenberg, pole em 2010 e líder por boa parte da corrida do ano passado. “Fico muito feliz em ouvir isso. O Brasil é um lugar de grandes lembranças para mim. Sempre gostei de lá, não apenas pelas corridas, como também pela carne. Sou um grande fã do Brasil.”

Outro ponto comemorado pelos pilotos foi a confirmação das obras na área dos boxes, que será transferida para a Reta Oposta. “Sem dúvida, a mudança é fundamental”, opinou Massa. “Será melhor para a segurança e para todas as equipes, que não têm espaço nos boxes. Espero que dê certo e tomara que o trabalho seja bem feito.”

Button concorda. “Se há algo que pode ser melhorado em Interlagos, certamente são os pits e o paddock, então é uma boa notícia.”

Próxima Fórmula 1 matéria
"Os pilotos terão muito o que aprender", diz Fry sobre novo regulamento

Previous article

"Os pilotos terão muito o que aprender", diz Fry sobre novo regulamento

Next article

Com garantias de reforma, Interlagos se mantém no calendário

Com garantias de reforma, Interlagos se mantém no calendário
Load comments