Exclusivo: Red Bull é marca mais lembrada em pesquisa da GPDA

compartilhar
comentários
Exclusivo: Red Bull é marca mais lembrada em pesquisa da GPDA
Charles Bradley
Por: Charles Bradley
Traduzido por: Gabriel Carvalho
3 de ago de 2015 16:30

A empresa de bebidas energéticas é a que tem maior força entre os fãs da Fórmula 1, segundo os resultados da Pesquisa Global da GPDA, realizada em conjunto com o Motorsport.com

Christian Horner, Red Bull Racing
Williams Martini Racing FW36
Relógio Rolex nos pits é limpado
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06
Felipe Massa, Williams F1 Team
Claire Williams, Williams
Daniil Kvyat, Red Bull Racing
Michael Schumacher, Ferrari, retorna a pé para os boxes após acidente na largada
Kimi Raikkonen, Ferrari
Sir Frank Williams, Claire Williams, Williams Martini F1 Team
Valtteri Bottas, Williams FW37
Felipe Massa, Williams FW37
Daniil Kvyat, Red Bull Racing RB11

Após a análise das respostas de 130.000 fãs de 194 países que participaram da Pesquisa Global da GPDA – a maior da história quando o assunto é esporte – quase metade do público (46%) respondeu “Red Bull” quando questionado sobre quais marcas vinham à mente quando se pensava naquelas que patrocinam a categoria de alguma forma.

A empresa de bebidas energéticas possui duas equipes na F1 – a que leva o nome da marca, tetracampeã mundial entre os construtores, e a Toro Rosso, que absorveu a estrutura da finada Minardi. Além disso, a Red Bull tem investido de maneira pesada no programa de jovens pilotos e apoiado cada vez mais equipes e pilotos ao longo dos últimos anos.

"Em primeiro lugar, esta é a razão pela qual a Red Bull está na Fórmula 1, para atrair olhares para nosso produto principal - que é, obviamente, a bebida energética. É ótimo ver esse resultado em termos de reconhecimento para a marca, especialmente com a vantagem para as outras marcas bem conhecidas", disse Christian Horner, chefe da Red Bull, ao Motorsport.com.

Shell e Marlboro, que patrocinam a Ferrari, aparecem em segundo e terceiro na lista de marcas mais lembradas, mas a diferença em relação à Red Bull é grande: a empresa de combustíveis aparece com 27% das respostas, enquantl a marca de cigarros tem (24%) – mesmo não aparecendo completamente, a Phillip Morris, proprietária da marca, continua a patrocinar a equipe italiana.

Quando perguntado se os resultados mostram que o equilíbrio de forças entre as marcas mudou, deixando de ter a Ferrari como centro das atenções, Horner respondeu: "A Red Bull fez bem à F1 a ponto de a categoria ter evoluído e mostrado que é mais do que somente a Ferrari. Isso demonstra o poder da nossa marca; é possível notar isso através da pesquisa".

Os resultados da pesquisa revelam que o local em que a Red Bull esteve mais próxima de ser superada foi nas Américas – quando a empresa recebeu 42% das respostas, enquanto a Marlboro obteve o segundo lugar, com 39%.

Entrada da Martini na F1 foi benéfica para a marca, segundo a pesquisa

A marca que mais tem se beneficiado com o retorno à F1 é a Martini & Rossi, cuja associação com a Williams – que vem desde 2014 – já a fez saltar para o quarto lugar na lista, com 22% das respostas, empatada com a marca de combustíveis malaia Petronas, parceira da Mercedes.

"É ótimo ver um patrocinador, que voltou há um ano e meio para a categoria, ter tamanha relevância em tão pouco tempo. Creio que isso comprova que a Williams Martini Racing está no caminho certo", disse Claire Williams, vice-diretora da equipe de Grove.

Uma análise mais profunda dos resultados, feita pela Repucom, empresa líder mundial no mercado de pesquisas, mostra que a Martini subiu para a segunda posição no pensamento dos fãs mais engajados, com 29%, igualando-se à Shell.

A pesquisa demonstra claramente que marcas com laços históricos e emotivos com a categoria ficam mais marcadas do que outras na lembrança dos fanáticos pela Fórmula 1.

"Tenho certeza de que (o resultado) se deve, em grande parte, à forte herança que a própria Martini deixou na primeira passagem pela categoria, isso é evidente. Agora eles estão conosco – desde nossa transformação, no final de 2013, que se mostrou um recomeço para a Williams. De fato, a Williams Martini Racing é uma nova marca, e não é tão simples fazer uma nova marca dar certo. Mas as pessoas têm nos aceitado de maneira positiva. Eles gostam de nós, o que é ótimo", encerrou a dirigente.

Top-10 de respostas (de 100 marcas sugeridas)

Pergunta: Quais as cinco primeiras marcas ou empresas que vêm à sua mente quando o assunto é patrocinadores de GPs de F1, de equipes, pilotos etc.

1 Red Bull 46%
2 Shell 27%
3 Marlboro 24%
4= Martini 22%
4= Petronas 22%
6 Santander 20%
7 Pirelli 14%
8= Ferrari 13%
8= Mercedes-Benz 13%
10 Rolex 11%
Próxima Fórmula 1 matéria
Charles Bradley: Vettel não mudou; percepção sobre ele, sim

Previous article

Charles Bradley: Vettel não mudou; percepção sobre ele, sim

Next article

Haas admite que Hülkenberg é sonho distante

Haas admite que Hülkenberg é sonho distante
Load comments