Expectativa da Pirelli é de dois pit stops para o GP da Itália

Fornecedora trará os compostos mais duros possíveis para a prova de Monza, 13ª etapa do mundial: duro (cinza) e médio (branco)

Para a Pirelli, fornecedora oficial de pneus da Fórmula 1, com as temperaturas altas desta época do ano em Monza, palco da corrida deste fim de semana da categoria, as equipes devem fazer uma estratégia de somente duas paradas, é o que acredita o diretor de motorsports da marca, Paul Hembery.

“A temperatura ambiente pode ser muito alta na Itália, o que coloca mais exigências nos pneus, sendo assim, nós esperamos que as equipes trabalhem com a estratégia de dois pit-stops”, disse Hembery.

Os pneus que as equipes terão direito de usar durante o fim de semana serão os compostos mais duros que a Pirelli fornece: o duro (cinza) e o médio (branco). Em caso de pista molhada, os usuais pneus de chuva pesada e leve estarão disponíveis.

Com as longas retas de Monza, as velocidades que os carros podem atingir beiram os 340 km/h, e isso resulta em uma temperatura de pneus que pode esbarrar na casa dos 130ºC, por isso a necessidade de compostos mais resistentes.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias