F1 adia estreia de lançamento de plataforma de streaming

Novo sistema passará por testes internos no GP da Austrália, de modo que não há prazo estabelecido para o lançamento ao público

A F1 adiou o lançamento de sua plataforma oficial de streaming, sendo que não há data anunciada para o início do funcionamento do sistema.

A intenção da categoria era ter o sistema funcionando já para a primeira corrida do ano, mas, em vez disso, a organização optou por ter uma fase de testes para aprimorá-lo.

Isso significa que ele não estará disponível para a abertura da temporada, neste fim de semana, na Austrália, sendo que não ficou claro quando ele estará disponível ao público.

A F1 TV estará disponível somente em países em que a detentora local dos direitos de transmissão abriu mão dos direitos onlines ou que renegociou seus acordos.

Atualmente a lista inclui países como Estados Unidos, Alemanha, Áustria, França, Suíça e boa parte da América Latina – excluindo o Brasil.

“Faremos um intensivo teste durante o fim de semana de Melbourne”, disse um porta-voz da F1 ao Motorsport.com. “A meta é estar funcionando totalmente o mais rápido possível.”

“É um processo normal quando desenvolvemos um novo produto. Não será um teste público, mas sim interno. Teremos pessoas espalhadas em vários locais do mundo testando o sistema e suas funcionalidades.”

Questionado sobre um prazo provável para a introdução da plataforma, o porta-voz disse: “O mais rápido possível. Não há um prazo.”

Enquanto isso, há um plano para implementar no GP da Espanha um novo dispositivo “F1 Vision” – que era conhecido como Fanvision quando foi usado pela última vez. Trata-se de um sistema para assistir às corridas de forma portátil nas dependências das pistas. 

“Nós devemos lançá-lo no começo da temporada europeia”, confirmou o porta-voz. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias