F1 considera quatro cidades para segunda prova nos EUA

Diretor executivo da categoria, Chase Carey afirma que procura por parceiros ideais para realizar o evento correto em território americano

O diretor executivo da F1, Chase Carey, afirmou que a categoria considera quatro cidades para receber futuramente uma segunda etapa do Mundial nos Estados Unidos.

Atualmente, a categoria visita somente Austin, no Texas, em território americano, de modo que a intenção de longa data dos novos proprietários da F1, o grupo Liberty Media, é realizar ao menos mais uma prova por lá.

De acordo com Carey, há quatro cidades consideradas, situadas em lados opostos do mapa. “Tradicionalmente, acho que vínhamos dizendo quatro: Nova York, Miami, Los Angeles e Las Vegas. Elas são ilustrativas. Não acho que iríamos querer iniciar essas discussões em público. Temos o interesse de cada uma dessas cidades; temos até interesse em mais de um local em algumas delas, mas não vamos colocar uns contra os outros publicamente”, explicou o dirigente.

Segundo ele, os pré-requisitos para a conclusão do acordo vão além do financeiro. “Queremos encontrar a plataforma correta, com os parceiros corretos, na oportunidade correta, no local correto e com o tipo de evento correto para capturar a imaginação das pessoas. Queremos um parceiro de verdade, não apenas fazer um acordo”, comentou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias