F1 descarta planos de fazer pré-temporada no Bahrein

compartilhar
comentários
F1 descarta planos de fazer pré-temporada no Bahrein
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
30 de jul de 2018 13:15

As equipes descartaram os planos de realizar os testes de pré-temporada da F1 de 2019 no Bahrein, sendo que agora a escolha estará limitada ao local utilizado nas atividades recentes, em Barcelona, e Jerez de la Frontera.

Charles Leclerc, Sauber C37
Pierre Gasly, Toro Rosso STR13 Honda
Nicholas Latifi, Force India VJM11
Jake Dennis, Red Bull Racing RB14
Jack Aitken

A maioria das equipes estava determinada a ir ao Bahrein, principalmente por causa das boas condições climáticas que garantiriam atividades ilimitadas.

Além disso, Barcelona não é mais tida como uma pista de testes representativa, com a Pirelli utilizando pneus específicos para o GP da Espanha após enfrentar problemas de bolhas durante a pré-temporada.

Havia negociações em andamento com a organização da F1 sobre os custos de frete, mas as equipes disseram que as discussões foram abandonadas e que a pré-temporada deverá acontecer na Europa.

Entende-se que Barcelona não ficou feliz em ficar sabendo dos planos para o Bahrein, já que ela vê os testes de pré-temporada como uma útil ferramenta para obter receita e que ajuda a bancar os custos do GP da Espanha.

Jerez não é utilizada pela F1 desde 2015, mas o local passou por um recapeamento completo e voltou a ser considerado. Além disso, o clima por lá é geralmente melhor do que em Barcelona.

“Até onde sei, isso não vai acontecer agora”, disse o diretor técnico da Williams, Paddy Lowe, sobre os planos do Bahrein. “Acho que ficou claro que não havia suporte para fazer isso.”

“Acho que está sendo discutido agora exatamente para onde ir. Acho que Barcelona foi sugerido, Jerez é uma opção. Acho que ela foi recapeada e é por isso que ela está no páreo. Deve haver outros lugares a serem considerados, mas estes seriam os dois mais prováveis.”

As datas originalmente separadas para o Bahrein eram entre 18 a 21 de fevereiro, e de 26 de fevereiro a 1º de março. O GP da Austrália deverá acontecer uma quinzena depois.

Entende-se que a F1 planeja usar os testes de pré-temporada para providenciar maior material de divulgação, sendo que houve discussões para que as equipes usassem garagens abertas para não esconderem seus carros.

Próxima Fórmula 1 matéria
Renault responde a críticas da Red Bull após GP da Hungria

Previous article

Renault responde a críticas da Red Bull após GP da Hungria

Next article

Hamilton: “Aproveitar GPs difíceis foi nossa principal força”

Hamilton: “Aproveitar GPs difíceis foi nossa principal força”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias