F1 e MotoGP aprovam Circuito de Barcelona

Mudanças no circuito catalão foram aprovadas pelo chefe de segurança da FIM, Franco Uncini e pelo diretor de provas da Fórmula 1, Charlie Whiting

Faltando poucas semanas para o início da pré-temporada da F1, o Circuito de Barcelona-Catalunya está pronto para receber testes e depois GPs da Fórmula 1 e da MotoGP.

O circuito passou por modificações a pedido das categorias, a fim de melhorar em diferentes aspectos, e já recebei o aval.

A categoria máxima de motociclismo pediu para que a pista de Montmeló fosse reasfaltada e passasse por mudanças nas áreas de escape da curva 13 (originalmente curva 12), a área do circuito em que Luis Salom morreu. As obras começaram em dezembro para garantir o futuro incerto do GP da Catalunha e já recebeu aprovação das duas categorias.

Franco Uncini, responsável pela segurança da FIM, e Charlie Whiting, diretor de provas da F1, foram ao circuito para verificar o status das obras e ambos ficaram satisfeitos com o que viram.

O Circuito de Barcelona revela que ambos felicitaram e agradeceram o esforço para unificar os desejos e as necessidades dos dois campeonatos.

2018 será um ano de grande presença da Fórmula 1 em Barcelona, com pelo menos 13 dias entre os 8 de pré-temporada, três do GP da Espanha e dois testes pós-GP. Por sua vez, a MotoGP visitará o circuito um mês antes do GP da Catalunha, em dois dias de teste para que os pilotos testem o novo asfalto.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias