F1 planeja sistema de merchandise que fracassou na NASCAR

compartilhar
comentários
F1 planeja sistema de merchandise que fracassou na NASCAR
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
8 de jan de 2018 17:52

Categoria quer renovar sistema de compras de mercadorias oficiais para os fãs, mas conceito se mostrou errado para os torcedores da NASCAR

Em 2015, a NASCAR anunciou um acordo de 10 anos com a companhia especialista em merchandise, a Fanatics, que estarão trabalhando em um projeto para a F1, para ajudar a simplificar as vendas de produtos nas pistas.

A chave para a ideia era uma "megaloja" que centralize a compra de todas as mercadorias das equipes e pilotos.

Mas enquanto a ideia parecia excelente no papel, a experiência não agradou os fãs e em 2017 a categoria voltou a ter os tradicionais trailers, tão populares ao longo dos anos.

A F1 está se comprometendo com a ideia da "megaloja", e tem planos ambiciosos para ter um centro de vendas de mercadorias em 2018.

Sean Bratches, chefe comercial da F1, não pensa que o modelo de pequenas tendas seja o correto para a F1 e acredita que a Fanatics possa oferecer uma experiência que os fãs da categoria gostariam.

"A Fanatics é a líder do mercado neste tipo de espaço e tem muito conhecimento em termos de eventos esportivos. No próximo ano, teremos uma grande experiência. O fã poderá escolher itens que quiser e ver se ele se encaixa e se você deseja enviá-lo para casa, nossa parceira, a DHL, vai cuidar disso para você".

Bratches sugeriu que a tenda de mercadorias venderia souvenirs das equipes e pilotos, bem como itens oficiais e aqueles características de cada GP.

"Acreditamos que seja uma experiência em que os fãs estejam procurando", disse ele. "Nós fizemos muitas pesquisas que confirmam isso.”

"Se você olhar para a NASCAR, em termos de distribuição das vendas, você tem cerca de 5% do conteúdo próprio da NASCAR, 30% que são do tipo ’eu estava lá’ - como em um evento em Daytona -, e 65% são de equipes e pilotos.”

"Na F1 as mercadorias de equipes e pilotos serão predominantes. Queremos dar a eles uma plataforma melhor para comercializar suas marcas e mercadorias e aumentar as receitas."

The new NASCAR Trackside Superstore
NASCAR Trackside Superstore
Próxima Fórmula 1 matéria
Grid girl critica F1 por ameaça de proibição de atividade

Previous article

Grid girl critica F1 por ameaça de proibição de atividade

Next article

Gasly: ida à Toro Rosso mostra que F1 “não é só dinheiro”

Gasly: ida à Toro Rosso mostra que F1 “não é só dinheiro”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias