F1 quer explorar o "enorme potencial" das melhores corridas

compartilhar
comentários
F1 quer explorar o
Andrew van Leeuwen
Por: Andrew van Leeuwen
Traduzido por: Daniel Betting
13 de fev de 2018 18:01

A ajuda que a Liberty Media está dando aos promotores dos GPs da Fórmula 1 permitirá que os melhores eventos atinjam "um enorme potencial inexplorado", de acordo com o chefe do GP da Austrália, Andrew Westacott

Andrew Westacott, chefe do GP da Austrália, esteve recentemente em uma reunião que os líderes da F1 tiveram com os promotores dos GPs em Londres, para analisar o que a Liberty fez no seu primeiro ano e apresentou o que acontecerá no futuro próximo.

O CEO da corporação do GP australiano ficou muito impressionado com o que ouviu de Chase Carey e sua equipe de trabalho, e notou uma mudança de foco e ficou muito entusiasmo com futuro da Fórmula 1.

"Estou extremamente feliz e acho que sua visão se baseia em três coisas: grandes corridas, um espetáculo incrível e fãs comprometidos", disse Westacott ao Motorsport.com.

"Para nós, como organizadores da corrida australiana, não estamos surpresos, porque é o que fazemos e o que vemos que os fãs querem. Então, estou muito entusiasmado com o que estão fazendo e como estão animados".

"Há um grande potencial inexplorado na Fórmula 1. Há uma sensação de uma visão diferente e uma filosofia diferente, e ela se encaixa perfeitamente com o que estamos fazendo em Melbourne durante muitos anos e com o que Melbourne faz com todos os seus eventos".

Westacott não só participou da reunião, mas também aproveitou a oportunidade para passar um dia e meio conversando em particular com a Liberty. As conversas foram amplamente focadas em uma nova abordagem para o engajamento digital.

"A Fórmula 1 quer deixar de ser uma empresa de automobilismo para ser uma marca de mídia e entretenimento, e na Australian Grand Prix Corporation reconhecemos que somos um pouco disso."

"Então estou muito feliz com o futuro e o otimismo que existe na Fórmula 1, porque essa é a maneira pela qual a categoria deve avançar, e existe um grande potencial que ainda não foi explorado".

"O que é vital e está nos ajudando, é que está indo na direção certa e há um sentimento positivo na F1 que é baseado em nossas próprias iniciativas. Como resultado de muitas coisas diferentes, estamos em uma posição de vendas melhor de ingressos a sete semanas do GP que na década anterior".

Próxima Fórmula 1 matéria
Fundador da Force India se diz orgulhoso de ser “melhor do resto”

Previous article

Fundador da Force India se diz orgulhoso de ser “melhor do resto”

Next article

Haas esclarece posição de seu time sobre pilotos americanos

Haas esclarece posição de seu time sobre pilotos americanos
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Andrew van Leeuwen
Tipo de matéria Últimas notícias