F1 registra crescimento de público nas arquibancadas em 2017

Ao todo, GPs da temporada contaram com mais de 4 milhões de torcedores, 8% a mais do que houve em 2016

A F1 registrou um aumento de público nas arquibancadas em 2017, cujos números superam em 8% as marcas obtidas no ano anterior.

De acordo com os proprietários da categoria, o grupo americano Liberty Media, ao todo, foram mais de 4 milhões de torcedores que estiveram nas arquibancadas nos GPs da última temporada, contra aproximadamente 3,7 milhões do campeonato passado.

Os maiores aumentos ficaram por conta dos GPs do Azerbaijão (58% a mais que em 2016), Áustria (41%), Itália (20%) e Malásia (19%). Houve, no entanto, cinco reduções em relação a 2016: Rússia (5% a menos), Inglaterra (1%), Japão (5%), Estados Unidos (4%) e México (0,87%).

Já o GP do Brasil, com 141 mil pessoas, obteve um crescimento de público de 3% em relação ao ano passado.

“A temporada de 2017 foi um grande espetáculo dentro e fora da pista graças aos pilotos, equipes e, acima de tudo, dos fãs, o coração de nosso esporte”, disse Sean Bratches, diretor comercial da F1.

“Um público acima de 200 mil pessoas por evento significa que, por 20 fins de semana no ano, a população de uma cidade média visita um autódromo para assistir a um GP de F1. Nosso dever é fazer cada um desses eventos mais atrativos para desencadear o que é o maior espetáculo automobilístico do planeta”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias