F1 será significantemente mais barulhenta, diz Mercedes

Paddy Lowe diz que testes de laboratório já indicam melhora significativa no som tão desejado pelos fãs

O chefe técnico da Mercedes, Paddy Lowe, espera por motores com som "significativamente" mais alto durante a temporada de 2016 da Fórmula 1.

No ano passado, os fabricantes de motores trabalharam em uma regra que os obrigou a fazer alterações no layout do escapamento de seus carros, a fim de tornar as unidades de potência mais barulhentas em meio a queixas de que os motores híbridos atuais são muito silenciosos.

Em 2016, os carros vão ter duas saídas de escape, em vez de uma como em 2015. Ou seja, o som não será tão bloqueado como antes.

Lowe está convencido que o sistema irá funcionar, embora ele admita que não tem certeza o quão mais alto os motores serão.

"Isso vai funcionar, e vamos ver o quanto mais alto vai ser", disse Lowe em um vídeo divulgado pela Mercedes.

"Algumas medições foram feitas em laboratórios, e elas têm apontado algum aumento significativo".

"A razão para isso é que a válvula de descarga estava causando uma espécie de silenciamento na saída do escape. Portanto, removendo-o teremos menos silenciamento acontecendo no fluxo principal."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias