F1 volta à TV aberta na França

Graças a acordo com TF1, categoria voltará a ser acessível a todos desde 2013

Com o canal de televisão por assinatura Canal+, tendo desfrutado dos direitos exclusivos de transmissão da F1 nos últimos cinco anos, o novo contrato com a TF1 é resultado de um novo impulso dos proprietários da F1, Liberty Media, para equilibrar melhor os números de audiência pelo mundo.

O acordo com a TF1, que começa no início de 2018, significará que os melhores momentos de cada corrida são exibidos pela emissora, além de quatro provas ao vivo, incluindo os GPs da França e Mônaco.

A TV aberta não transmitia a F1 na França desde 2013, apesar do GP de Mônaco deste ano ter sido exibido no canal C8 (aberto).

O presidente da F1, Chase Carey, disse recentemente que o esporte estava avaliando os benefícios de permitir uma cobertura maior em TV aberta, contra o risco de perder renda dos canais de televisão por assinatura.

"A receita da TV paga é difícil de ignorar, mas ao mesmo tempo estamos em uma posição na F1 em que estamos tentando construir a nossa marca e aumentar o número de patrocinadores que estão investindo em nossa crença e visão."

"Ter uma combinação de ambos é uma mistura apropriada para o futuro."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias