Fangio tem paternidade de filho confirmada

Exame de DNA mostrou que pentacampeão da F1 é pai biológico de Oscar Espinoza, hoje com 77 anos

Nesta quarta-feira o juiz Rodrigo Cataldo, da cidade de Mar Del Plata confirmou que Oscar Espinoza é filho de Juan Manuel Fangio. O procedimento foi possível graças a exame de DNA feito em agosto, após exumação do corpo do pentacampeão da F1.

Nos próximos dias, já com o resultado do teste, se espera a conclusão do processo de paternidade entre as duas partes.

Ao longo de sua vida, Fangio nunca se casou ou teve filhos reconhecidos, mas manteve relacionamento de muitos anos com Andrea Berruet, mãe de Espinoza.

Ainda há um outro processo de reconhecimento de paternidade movido por Rúben Vázquez. Ele assegura que também é filho de Fangio, após o piloto ter se relacionado com Catalina Basili na década de 1940. Vázquez afirma ter descoberto que Fangio poderia ser seu pai em 2005.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias