"Fazia tempo que não chegávamos tão perto", ressalta Ricciardo

A apenas 102 milésimos do líder Hamilton, australiano gostou do rendimento da Red Bull nos treinos livres

A Red Bull esperava que a proibição do sistema de suspensão FRIC tirasse um pouco da vantagem da Mercedes, uma das equipes que tinham uma das versões mais avançadas da tecnologia, mas o terceiro colocado do dia, Daniel Ricciardo, não escondeu a surpresa por ter ficado tão perto dos líderes absolutos do campeonato: apenas 102 milésimos.

[publicidade]O australiano, contudo, quer esperar para a classificação para saber se a tendência dos treinos livres é real. “Acho que pneus e o clima vão definir a corrida no domingo. Hoje nós ficamos felizes com nosso progresso e parece que faz tempo que não chegávamos tão perto, mas é amanhã que vamos ver onde realmente estamos. Acho que tivemos um bom carro hoje e extraímos tudo o que podíamos. Tomara que possamos lugar com os líderes neste final de semana.”

Mesmo com a oitava colocação, dois décimos mais lento que o companheiro, Sebastian Vettel também elogiou o comportamento do carro e espera uma briga apertada em seu GP caseiro.

“Acho que podemos melhorar para amanhã. Não acho que não ter a suspensão FRIC no carro fez muita diferença para nós, ainda que não tenhamos olhado direito o que os outros fizeram. Acho que será muito próximo neste final de semana.”
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias