Feliz com o carro, Senna espera um grid apertado em 2012

Piloto destaca confiabilidade e pouca degradação dos pneus no FW34 e fala em lutar para entrar nos pontos

Bruno Senna completou sua primeira pré-temporada em 2012

Após a primeira pré-temporada da carreira na F-1, completando o equivalente a quase 18 GPs nos dias em que esteve a bordo da Williams nos testes coletivos, Bruno Senna saiu com uma boa impressão a respeito da confiabilidade e do uso dos pneus no carro, mas acredita que ainda é cedo para saber onde o time inglês está em relação aos rivais.

“O FW34 é muito diferente do R31. Tem muita diferença em termos de acerto mecânico e também na filosofia da aerodinâmica do carro. Os carros têm estilo de pilotagem bem diferentes, mas no final das contas o que conta são os pneus da Pirelli, e a gente está aprendendo bastante sobre isso. Os engenheiros melhoraram muito o carro em relação ao uso dos pneus”, afirmou o brasileiro.

“Conseguimos fazer muita quilometragem e o carro é dócil de pilotar no limite. Acredito que vamos poder achar mais velocidade no carro com os upgrades que vão sendo trazidos. E acho que vamos melhorar ainda mais em relação ao consumo dos pneus, que também já é um positivo do carro.”

Mesmo feliz com o carro, Senna espera que as diferenças em relação às rivais mais próximas do meio do pelotão sejam pequenas.

“Acho que o meio do grid vai estar bem apertado, vai estar todo mundo muito próximo um do outro. A gente vai ter de ralar bastante para conseguir andar na frente deles, mas o mais importante é ver o progresso que a equipe está tendo agora já nesta pré-temporada. Claro que ninguém começa a temporada com o carro 100% pronto para correr sem nenhum problema, mas estamos bem próximos disso.”

O piloto vê Red Bull e McLaren à frente e depois um grupo compacto, que inclui até mesmo a Caterham, que evoluiu em relação ao ano passado.

“Todas as equipes tiveram um pulo para frente, acho que a Force India, Toro Rosso e a Sauber estão fortes. A Lotus também parece estar forte, a Mercedes também está ali junto com tudo mundo, parece. A Ferrari não aparenta estar com tanta performance, a não ser eles estejam escondendo o jogo. E a McLaren e a Red Bull estão um pouco na frente de todo mundo, pelo que parece. Acho que a grande surpresa foi a Caterham, que está tendo uma performance razoável chegando nas equipes que estão na frente.”

Para a Williams, o objetivo é estar perto da zona de pontuação, ainda que isso represente um grande salto de qualidade em relação a 2011, quando a equipe marcou apenas cinco pontos.

“A intenção da equipe sempre foi estar de volta aos dez primeiros, algo que não é fácil porque o salto é grande em relação à performance do ano passado. Mas esta é a meta que a equipe se colocou para este ano e, pela experiência da pré-temporada, acho que a gente está competitivo neste sentido.”

Senna estreia na equipe neste ano e sabe que tem de mostrar serviço para continuar na categoria na próxima temporada, pois seu acordo termina em dezembro. O piloto, no entanto, se mostra confiante. “Acho que esse é o começo da minha carreira; com um bom trabalho neste ano, a gente pode estender esses contratos e, se Deus quiser, ficar bastante no futuro.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias