Ferrari ainda pressiona Sauber por Leclerc e Giovinazzi

Equipe deve anunciar pilotos de 2018 em breve e a uma das vagas deverá ficar com um dos pilotos de Maranello

Acredita-se que o campeão da Fórmula 2, Charles Leclerc, que já participou de treinos com a Sauber, já está com a vaga garantida na equipe suíça - embora algumas fontes insistam que uma decisão final ainda não foi tomada e que Antonio Giovinazzi permanece.

Por causa do novo acordo de caixa de câmbio e motor com a Ferrari, a Sauber é obrigada a levar um dos jovens pilotos de Maranello, e as negociações estão em andamento para o time levar tanto Leclerc quanto Giovinazzi.

A Ferrari também não desistiu da perspectiva de levar Giovinazzi para a Haas, apesar de Romain Grosjean e Kevin Magnussen estarem confirmados.

Se a Sauber ficar com os dois pilotos da Ferrari, isso significa que não há lugar para a Marcus Ericsson, cuja carreira foi financiada por alguns dos investidores que agora possuem a Sauber.

Isso explica por que esses proprietários enfrentam agora um dilema quando confrontam a saúde da equipe em longo prazo com o futuro do piloto, tendo dado a Vasseur a autoridade para fazer a chamada.

"Muito em breve", disse Vasseur quando perguntado sobre uma decisão. "Nós sabemos onde estamos, hoje não é a primeira prioridade tomar uma decisão do nosso lado. Temos muitas coisas a fazer, mas os pilotos chegarão em breve”.

"O nosso prazo é até uma semana antes do teste de Barcelona, mas, em um estágio, teremos que tomar uma decisão. Mas não estamos com pressa. Não estou muito preocupado com o mercado e com os outros pilotos”.

"Estamos discutindo com a Ferrari sobre o piloto, e acho que vamos conseguir um. Passo a passo. Primeiro precisamos ficar com um, e temos que discutir sobre o primeiro, e então vamos discutir sobre o segundo".

Vasseur insistiu que o suporte do investidor a Ericsson não garante um assento ao sueco, pois o futuro da equipe é considerado uma prioridade maior.

"Você sabe que o investimento na Sauber é enorme e não pode vincular o desenvolvimento da empresa, com um projeto de piloto - em ambos os lados, porque um piloto deve desenvolver seu próprio projeto e quando você é um piloto que deseja obter resultados na próxima semana, ou pelo menos no máximo no próximo ano”.

"Quando você é time, você tem uma visão de longo prazo, e é mais um projeto de dois ou três anos. Não é fácil caber tudo”.

"Marcus é um bom ativo para a equipe, ele é experiente na F1 e temos uma colaboração muito boa. Vamos discutir com todos os pilotos. Penso que temos alguns pilotos em contato até agora. Vou tomar uma decisão bastante em breve."

Vasseur insistiu que as considerações comerciais não são uma prioridade.

"Não será uma decisão financeira. Temos um plano de longo prazo com a Sauber, e não podemos construir a equipe com base em uma escolha centrada apenas no orçamento. Seria um grande erro".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Antonio Giovinazzi , Charles Leclerc
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias