Ferrari chama de "baboseira" notícia sobre salário de Alonso

De acordo com publicação francesa, o espanhol ganharia R$ 75 milhões por ano, equivalente aos dois pilotos da McLaren juntos

O espanhol Fernando Alonso

A Ferrari negou a recente informação dada pela revista francesa ‘Business Book GP 2012’ de que Fernando Alonso receberia € 30 milhões anuais (cerca de R$ 75 mi) para pilotar na Scuderia. De acordo com a publicação, o espanhol seria, de longe, o piloto mais bem pago da F-1, enquanto outros campeões do mundo, como Sebastian Vettel (€ 10 milhões) e Kimi Raikkonen (€ 5 milhões) ganhariam muito menos.

“É uma vergonha e se trata de mais uma baboseira, que mais uma vez mostra que quem compila estas listas gosta de consultar uns os outros, como cães que correm atrás do próprio rabo, sempre colocando a Ferrari no topo quando se trata de dinheiro, seja se referindo aos salários dos pilotos ou aos orçamentos”, ironizou a equipe italiana.

O salário de Alonso, segundo a publicação, seria equivalente ao pago à dupla da McLaren – Lewis Hamilton e Jenson Button ganhariam € 16 milhões cada.

“As coisas não são contadas como elas realmente são, mas, quando se trata de dinheiro, a canção é sempre a mesma: a Ferrari gasta mais que todos. A realidade é muito diferente, e aqueles que trabalham no meio sabem muito bem”, finalizou.

A notícia também provocou a reação do próprio Alonso que, via twitter, agradeceu o comunicado distribuído pela Ferrari. “O famoso copia e cola de qualquer artigo estrangeiro leva a barbariedades épicas!”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias