Ferrari considera encerrado caso de ultrapassagem de Vettel

Após receber resposta da FIA de que manobra do alemão sobre Vergne no GP do Brasil foi legal, time se diz satisfeito

Após a resposta negativa da FIA a respeito da clarificação pedida sobre uma possível ultrapassagem de Sebastian Vettel sob bandeiras amarelas durante o GP do Brasil, a Ferrari se disse feliz com as explicações e encerrou o caso.

A entidade respondeu à equipe nesta sexta-feira explicando a situação e a equipe italiana acatou as justificativas para não punir o alemão. Segundo a FIA, apesar dos painéis eletrônicos indicarem bandeira amarela, um comissário agitava a bandeira verde, o que já é suficiente para a pista ser considerada livre.

A Ferrari deixou claro que tinha o dever, em nome de seus fãs, de pedir explicações à FIA. Uma possível punição ao alemão poderia dar o título a Fernando Alonso. “O pedido surgiu pela necessidade de entender as circunstâncias da ultrapassagem, que apareceu na Internet apenas alguns dias depois da corrida. A carta não visava questionar a legalidade do resultado da corrida. Recebemos milhares de pedidos sobre isso vindos de todo o mundo e tínhamos de levar isso adiante, pedindo que a Federação olhasse para um incidente que poderia deixar uma sombra no resultado aos olhos dos entusiastas da F-1.”

O comunicado da FIA, “por transparência e boa vontade”, divulgou o recebimento da carta por parte da Ferrari. “A Federação informa que respondeu à Ferrari afirmando que a ultrapassagem não feriu as regras, e, como não havia o que investigar, não foi reportada para os comissários.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias