Ferrari: F1 precisa se repopularizar e ser mais acessível

compartilhar
comentários
Ferrari: F1 precisa se repopularizar e ser mais acessível
8 de fev de 2017 13:03

Presidente da montadora, Sergio Marchionne espera grandes coisas da Liberty Media a partir deste ano

Sergio Marchionne, Ferrari President and CEO of Fiat Chrysler Automobiles
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
(L to R): Sergio Marchionne, Ferrari President and CEO of Fiat Chrysler Automobiles with Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H

Com a Liberty Media passando a ser a nova dona dos direitos comerciais da Fórmula 1, o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, espera uma grande mudança na maneira como a categoria é divulgada.

"O que eu espero, para ser honesto, é o esporte em si ser melhor em 2017", comentou Marchionne durante uma conferência da Ferrari.

"Essa será uma grande base para que possamos continuar nosso compromisso com a Fórmula 1 e para estabelecer diretrizes após 2020.”

"Eu esperaria que a Liberty Media e Chase Carey, em particular, tenham uma compreensão muito clara do fato de que o lado do entretenimento precisa voltar a ser levado a sério.”

"Não podemos continuar levando a sério um esporte que tem visto sua audiência decrescer por uma várias de razões. Precisamos repopularizar o esporte, torná-lo mais acessível. Este é o trabalho que precisa ser feito.”

"Vamos fazer a nossa parte como a Ferrari para ter certeza de que isso possa aconteça. Mas esse trabalho precisa ser iniciado agora."

Próxima Fórmula 1 matéria
Por custos, equipes apoiam ideia de mais peças padronizadas

Previous article

Por custos, equipes apoiam ideia de mais peças padronizadas

Next article

Engenheiro garante que F1 2017 não terá bicos "feios"

Engenheiro garante que F1 2017 não terá bicos "feios"

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias