Ferrari faz fortes críticas à leve punição imposta à Mercedes

Equipe italiana mostra inconformismo com decisão do TI, que excluiu Mercedes do teste para pilotos novatos

Ao contrário da Red Bull, que, através de Christian Horner, aceitou a punição branda imposta à Mercedes pelo Tribunal Internacional da FIA, a Ferrari mostrou ter ficado muito insatisfeita com o julgamento. Em seu site oficial, na coluna ‘Horse Whisperer’, a equipe italiana não poupou as críticas.

“Constamos com perplexidade que a parte escapou virtualmente livre após obter uma vantagem desportiva injusta. Não nos digam que testar sozinha por três dias na Catalunha é o mesmo que testar em Silverstone, com mais nove equipes, apenas com pilotos novatos”, reclamou a escuderia.

Ao lado da Red Bull, a Ferrari denunciou a Mercedes à FIA, após o time alemão usar o carro atual para testes em maio, a pedido da Pirelli. Como punição, ficará fora dos testes para pilotos novatos, que ocorrerá em julho.

“E se este episódio tivesse acontecido após os testes dos novatos, qual seria a punição? Eles ficariam fora do jantar de fim de ano?”, ironizou a Ferrari.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias