Ferrari histórica de Schumacher é leiloada por R$ 24,5 mi

Chassi no qual alemão conquistou sua quarta e última vitória em Mônaco e seu quarto campeonato mundial na Hungria é vendido por valor milionário em Nova York

A Ferrari na qual o alemão Michael Schumacher ganhou seu último GP de Mônaco e conquistou seu tetracampeonato em 2001 foi vendida em leilão em Nova York por US$ 7,5 milhões (R$ 24,5), se tornando o carro de Fórmula 1 da era moderna mais valioso já adquirido.

O chassi #211 do F2001 que levou o alemão para o quarto de seus sete campeonatos mundiais, foi leiloado na Sotheby's Contemporary Art Evening Sale em Manhattan.

Uma parte do produto da venda será doada para o dono da Fundação Keep Fighting de Michael Schumacher.

O carro não é apenas famoso por ser o último vencedor de Mônaco de Schumacher, mas também por ser o carro em que ele ganhou o GP da Hungria de 2001 – a corrida na qual o conquistou no quarto título mundial.

Ele ganhou nove corridas no total durante a temporada de 2001, garantindo um segundo título consecutivo para a Ferrari, com quase o dobro de pontos do piloto da McLaren, David Coulthard, que terminou a temporada em segundo lugar.

Seu preço de US$ 7 milhões é bem superior aos US$ 4 milhões que se esperava.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias