Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Ferrari introduz atualizações ousadas no GP da Rússia

compartilhar
comentários
Ferrari introduz atualizações ousadas no GP da Rússia
Por: Giorgio Piola , Featured writer
Co-autor: Jonathan Noble
Traduzido por: Daniel Betting
28 de set de 2018 20:43

A Ferrari introduziu uma de suas maiores atualizações da temporada no GP da Rússia com uma renovação radical da sua asa dianteira e algumas experiências para 2019

A equipe de Maranello precisa de um bom resultado para diminuir a vantagem de pontos da Mercedes e Lewis Hamilton, então levou para Sochi grandes mudanças em seu SF71H.

Ferrari SF71H front wing

Ferrari SF71H front wing

Photo by: Giorgio Piola

A maior mudança está na asa dianteira, que é completamente nova e apresenta uma combinação de novidades que também foram vistas em outras equipes como Red Bull e McLaren.

Em particular, há um projeto revisado semelhante ao da Red Bull, que foi testado após o GP da Hungria. A Ferrari adicionou um slot vertical na placa final, algo que também fez o seu rival.

Ferrari SF71H turning vanes

Ferrari SF71H turning vanes

Photo by: Giorgio Piola

Uma das mudanças mais interessantes da Ferrari está na lateral do bico (acima), que, embora seja visto como um avanço no desempenho para a Rússia, também foi introduzido com vistas às mudanças de regulamentos de 2019.

O desenho é muito mais agressivo do que o utilizado até agora pela equipe (abaixo) e pode permanecer no carro se as sensações forem positivas.

Ferrari SF71H turning vanes

Ferrari SF71H turning vanes

Photo by: Giorgio Piola

Mercedes

A Mercedes não ficou muito atrás, e tirou uma página do livro da Ferrari com uma nova asa traseira para a corrida deste fim de semana em Sochi.

A equipe da fabricante alemã copiou a ideia da Ferrari de substituir o único pilar da asa traseira por dois suportes na forma de pescoço de ganso que são mais finos.

Mercedes AMG F1 W09 rear wing

Mercedes AMG F1 W09 rear wing

Photo by: Giorgio Piola

Essa mudança pode estar mais relacionada à redução de peso e ao gerenciamento da estabilidade da asa traseira em alta velocidade do que à redução da resistência do ar.

A equipe também optou por montar uma pequena nadadeira entre os dois pilares, ajustando a trajetória do escape e, consequentemente, sua interação com o fluxo de ar sob a asa traseira.

Mercedes-AMG F1 W09 detail front wing

Mercedes-AMG F1 W09 detail front wing

Photo by: Mark Sutton

A Mercedes também introduziu algumas mudanças em sua asa dianteira, com alguns novos tubos na parte interna da placa.

Próxima Fórmula 1 matéria
Ocon pode se tornar terceiro piloto da Force India em 2019

Previous article

Ocon pode se tornar terceiro piloto da Force India em 2019

Next article

Desempenho da Red Bull em Sochi surpreende Verstappen

Desempenho da Red Bull em Sochi surpreende Verstappen
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Localização Sochi Autodrom
Autor Giorgio Piola
Tipo de matéria Últimas notícias