Ferrari investiga asa flexível demais no carro de Massa

Peça vibrava demais e soltava faíscas no contato com o solo; Domenicali afirma que asa era igual à de Alonso

Felipe Massa na Índia

A Ferrari afirmou nesta segunda-feira que pretende analisar a asa dianteira usada por Felipe Massa no GP de Índia de Fórmula 1.

A peça do equipamento do piloto brasileiro apresentou uma flexibilidade fora do comum, raspando constantemente no solo e soltando muitas faíscas.
 
O problema não aconteceu só nos treinos, mas, também, na corrida. Segundo o chefe da equipe, Stefano Domenicali, a asa é idêntica à de Fernando Alonso, o que torna o problema ainda mais misterioso.
 
"Ficou claro que tivemos um comportamento estranho da asa em certas condições. Não foi o tempo todo, mas estava claro na nossa frente", comenta o dirigente. Por conta deste imprevisto, Massa teve de trocar de asa na corrida.
 
"Precisamos trazer bons dados para casa com o objetivo de entender qual o problema ou, diria, não problema, mas um comportamento estranho da asa, pois foi aquela, especificamente", continua.
 
"Ficamos preocupados em termos outros problemas, então a coisa mais óbvia era trocar o bico", completa Domenicali.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias