Ferrari: os videogames são concorrentes da F1

compartilhar
comentários
Ferrari: os videogames são concorrentes da F1
Por: Scott Mitchell
24 de out de 2018 10:40

A F1 enfrenta a concorrência dos videogames pela atenção dos fãs de corrida e deve estar ciente dessa ameaça e melhorar sua competição, diz o chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene.

A F1 planeja uma grande mudança nas regras e em sua estrutura para 2021, focado em diminuir a diferença financeira e a competitividade entre as três grandes equipes (Ferrari, Mercedes e Red Bull) e o resto do grid.

Arrivabene indicou que seria errado para a F1 focar puramente em seu produto e não considerar como outros fatores, como o crescimento de popularidade dos eSports, influenciaram em sua popularidade.

“Nossa concorrência hoje, e essa é minha opinião pessoal, são os PlayStations”, disse o chefe da Ferrari.

“Provavelmente precisamos mudar nossa mentalidade e focar a atenção em nossos competidores.”

“Hoje, temos uma grande gama de entretenimento, e precisamos olhar para tudo, não somente para alguns esportes ou para tentar equalizar tudo.”

“O PlayStation é nosso concorrente? Em minha opinião, sim. O que você precisa fazer para derrotar os PlayStations? Você precisa fazer algo que seja mais interessante, provavelmente.”

“Hoje, a oferta é maior do que há alguns anos.”

Embora a Ferrari tenha apoiado a ideia do teto de gastos e suavizado sua ameaça de deixar a F1 diante de mudanças radicais, a equipe ainda está cautelosa sobre como isso será implementado.

Arrivabene disse que a redução dos custos é válida, mas aumentar o interesse na F1 vai além de simplesmente um teto financeiro.

“Precisamos ser honestos conosco e perguntar: ‘Como está o nível de interesse na F1 em relação ao que era antigamente?’”, disse.

“O que precisamos fazer não é um teto de gastos – essa é uma solução, mas não a única solução.”

“Precisamos relançar o esporte e relançar o esporte, é uma equação complicada e complexa.”

“Se em determinado momento a audiência está ficando mais e mais velha e você trabalha menos focado em adquirir as novas gerações, isso significa que você tem um problema. E você precisa encontrar uma solução.”

Muitas esperam que mudanças como um teto de gastos e limite de funcionários, o que deve ser adotado a partir de 2021, deixarão as coisas mais justas ao longo do grid.

Contudo, Arrivabene sugeriu que seria injusto manipular completamente a competitividade das equipes em comparação à disparidade entre tamanho e dinheiro das equipes de futebol.

“Como você pode dizer ao Real Madrid: ‘Desculpe, se você jogar contra uma equipe pequena, não jogue com sua melhor equipe’?”, comentou.

“Isso é ridículo. O esporte é feito também pelas grandes equipes. É parte do fascínio do esporte.”

Next article
Brawn: F1 deve considerar redução de dados das equipes

Previous article

Brawn: F1 deve considerar redução de dados das equipes

Next article

Relembre os últimos vencedores do GP do México de F1

Relembre os últimos vencedores do GP do México de F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias