Ferrari: Perez tem de controlar sua agressividade

Chefe do programa de desenvolvimento da Scuderia, Luca Baldisserri, revelou ter cobrado mexicano por resultados

Perez e Baldisserri na academia de pilotos da Ferrari

Com seus dois pódios e a incrível capacidade de economizar pneus, Sergio Perez pode ter se tornado um dos nomes deste campeonato. Porém, seu mentor na academia de jovens pilotos da Ferrari, Luca Baldisserri, ainda acredita que o mexicano precisa controlar seu excesso de agressividade.

Falando à página oficial da equipe italiana, o ex-engenheiro de pista e hoje chefe do programa de desenvolvimento da Scuderia revelou que cobrou o piloto da Sauber pelos maus resultados entre os pódios da Malásia e do Canadá, período no qual o mexicano não fez um ponto sequer.

“Depois de Mônaco, tivemos uma conversa com Sergio. Queríamos descobrir por que seus resultados mais recentes não tinham atendido às expectativas depois do GP da Malásia. Não há dúvidas de que ele é talentoso, mas é comum que ele tenha resultados piores do que deveria por ser muito agressivo o que, especialmente na F-1, não traz resultados.”

Perez respondeu na pista e ganhou elogios de Baldisserri, que destacou o bom ritmo que o piloto manteve mesmo tendo de fazer a estratégia de uma parada funcionar em uma tarde quente em Montreal.

“A corrida de Montreal foi uma ótima resposta, uma prova em que Sergio não apenas tinha um ótimo ritmo, como também a executou muito bem, conseguindo ficar na pista por quase 50 voltas com o mesmo jogo de pneus.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias