Ferrari promete desenvolvimento agressivo nas primeiras provas

Time italiano comemora boa correlação entre dados do túnel de vento e de pista e planeja grande update na China

A Ferrari planeja ter um carro bastante modificado para as primeiras etapas da temporada de Fórmula 1, que se inicia em duas semanas, no GP da Austrália.

De acordo com o diretor técnico da Scuderia, Pat Fry, o F138 terá um plano de desenvolvimento agressivo para a primeira prova e também para o GP da China, terceira etapa.

“Não trouxemos todas as peças para os testes e há muitas novidades”, avisou o engenheiro. “Será desafiador testar coisas em uma pista que não é tão usada, mas temos de ver. Há peças chegando para a Austrália, Malásia e um grande upgrade na China – então temos um plano razoável de desenvolvimento.”

A Ferrari busca um melhor início de temporada após sofrer nas primeiras etapas de 2012. “Ainda não sei exatamente onde estaremos em Melbourne. Nosso equilíbrio é bom e os pilotos estão felizes com o carro. Nosso trabalho é manter o nível de desenvolvimento. Ele foi bom em 2012 depois que compreendemos nossos problemas.”

Outro motivo para otimismo em Maranello é a melhor correlação mostrada entre os dados do túnel de vento e os obtidos na pista durante os testes. A equipe decidiu fechar seu equipamento após constantes falhas e utilizou o túnel da Toyota para desenvolver o F138. “Aprendemos com os erros fundamentais que cometemos ano passado. Acho que o teste foi muito bom, o que desenvolvemos nos CFD está funcionando na pista. A correlação nunca é de 100%, mas está sendo muito boa. Isso nos dá mais confiança de que as novas peças nos farão progredir.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias