Ferrari quer título em 2016: "nada muda na nossa estrutura"

A escuderia italiana acredita que não precisa de nenhuma mudança grande para continuar a diminuir a distância para a Mercedes e lutar pelo título em 2016

Apesar de os resultados do GP dos EUA garantirem o título para Lewis Hamilton, o chefe de equipe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, está confiante de que o time poderá fazer um trabalho melhor em 2016. Ele acha que o recrutamento do ex-engenheiro da Mercedes, Jock Clear, servirá como um incentivo.

"Eu acho que o time demonstrou que estava muito forte neste ano. Está bem. Nos precisamos consolidar este trabalho e não mudar nada. Olhar para frente e fazer um grande serviço no próximo ano. Jock Clear está vindo, mas ele não mudará a estrutura do time, ele chega para somar", disse.

Mesmo que Sebastian Vettel tenha terminado em terceiro no GP dos EUA, Arrivabene disse que o time estava considerando as chances de vitória após a decisão na metade da prova de mudar para os pneus médios atrás do safety car.

"Em certo ponto da corrida, antes do safety car para Nico Hulkenberg, nós estávamos sonhando. Mas está bem assim, estamos felizes. Estávamos pensando em ir até o fim com o primeiro tipo de pneus, mas depois vimos o momento em que a Mercedes mudou também. Nós precisávamos dos pneus que fossem melhores do que os médios, mas a ideia original era que sem o safety car os pneus fossem até o fim da corrida", afirmou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen , Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias