Ferrari: saída de Rosberg não enfraquece Mercedes

Presidente da Ferrari, Sergio Marchionne acredita que Mercedes continuará em grande forma mesmo com saída de Nico

Surpreso com a aposentadoria precoce de Nico Rosberg, o presidente da Ferrari não acredita que a saída do alemão vá enfraquecer a equipe Mercedes. Sergio Marchionne diz ter entendido os motivos por trás da aposentadoria do campeão e inclusive mandou uma mensagem ao chefe da Mercedes, Toto Wolff, ao saber da notícia.

"Eu cumprimentei Rosberg por ele ter tido coragem para o que fez”, falou Marchionne.

"Eu acho que o tempo na vida é tudo. Ele está saindo de uma temporada de F1 como campeão. Não pode ficar melhor do que isso.”

"Acho que Nico chegou em uma idade na qual investiu uma longa parte de sua vida nas competições, e sair como um campeão é o culminar de suas expectativas.”

"Eu o elogio por fazer sua escolha, e não tenho certeza onde isso deixa Mercedes para 2017.”

"Eu não espero uma Mercedes mais fraca, não vamos esquecer que eles ainda têm Lewis Hamilton. Tenho certeza que eles vão escolher um piloto de um potencial igual, assim como eles já tiveram no passado.”

Respeito de Arrivabene

Maurizio Arrivabene, diretor da Ferrari, acredita que Rosberg está "procurando uma vida diferente" fora da Fórmula 1 após atingir seu objetivo principal no esporte.

"Neste mundo estamos tão focados em tecnologia que às vezes esquecemos que somos seres humanos", disse ele. "Eu respeito sua decisão.”

"Às vezes olhamos para a esquerda, olhamos para a direita e esquecemos que no meio temos um coração e um cérebro. Nico estava sentindo isso e procurando uma vida diferente."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias