Ferrari se irrita com opiniões sobre saída de Raikkonen

compartilhar
comentários
Ferrari se irrita com opiniões sobre saída de Raikkonen
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Roberto Chinchero
20 de out de 2018 16:07

Chefe da equipe diz que comunicar piloto de demissão durante final de semana em Monza foi decisão certa e chama comentários de “desrespeitosos”

O fim de semana de Monza foi visto como decisivo na batalha pelo título de 2018, com Lewis Hamilton conseguindo uma surpreendente vitória, apesar de a Ferrari ter feito a primeira fila do grid de largada.

A chateação de Vettel com Raikkonen, que cravou a pole após ter se beneficiado de um vácuo, e depois a luta dos dois pilotos da Ferrari na primeira volta – algo que ajudou Hamilton – fizeram ser um fim de semana difícil para a equipe de Maranello.

Quando se soube após o fim de semana da corrida que Raikkonen tinha sido dito na véspera do evento que não continuaria para 2019, teorias de que ele possa ter sido motivado a vencer em vez de ajudar seu companheiro de equipe ganharam forma.

Mas o chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, minimizou as insinuações de que a equipe errou ao contar a Raikkonen sobre sua saída em Monza. Ele tem certeza que o impacto da decisão não fez diferença no comportamento de Raikkonen e Vettel.

"Kimi e Sebastian são dois grandes profissionais com anos de experiência em seus ombros", disse ele ao Motorsport.com. “Eles não são dois pilotos de kart que acabaram de sair na pista”.

“O que foi dito sobre o momento dessa situação são avaliações que considero desrespeitosas com os pilotos, que são ótimos profissionais.”

"Então, deixe-me dizer, se toda vez que Kimi receber notícias dessa natureza ele responder com uma pole position, então valeria a pena fazer isso todo fim de semana."

Solicitado a explicar a decisão de informar Raikkonen especificamente em Monza, Arrivabene acrescentou: “eu acho que é importante esclarecer duas coisas. Kimi sempre foi bem em Spa e Monza, e Kimi estava ansioso para ter uma resposta de nós sobre seu futuro”.

“Eu acho que comunicar uma decisão como essa é mais apropriado na véspera de um fim de semana de corrida em uma pista 'amigável' do que em um final de semana que promete ser mais complicado.”

“Seria melhor falar durante as férias de verão, mas ainda não estávamos prontos para isso. E depois de Monza, estaríamos na véspera do final de semana de Singapura.”

Next article
Alonso diz que nunca quis fazer temporada completa na Indy

Previous article

Alonso diz que nunca quis fazer temporada completa na Indy

Next article

FIA volta atrás e aceita que Magnussen bloqueou Leclerc

FIA volta atrás e aceita que Magnussen bloqueou Leclerc
Load comments