Ferrari traça objetivo mínimo para 2015: duas vitórias na temporada

Equipe vermelha quer crescer de desempenho no ano que vem, após uma temporada abaixo do esperado

Sebastian Vettel é o grande reforço da Ferrari para o ano que vem
Duas vitórias. É o mínimo que a Ferrari espera para a temporada 2015 de Fórmula 1. Nesta terça-feira, no almoço de Natal em Maranello, Sergio Marchionne, o presidente da equipe, recebeu a imprensa e falou sobre os objetivos para o próximo ano, o qual a escuderia vermelha briga para ser competitiva ao lado de Mercedes, Red Bull e Williams.
 
[publicidade]Com funcionários já dedicados exclusivamente para o desenvolvimento do carro de 2015, a Ferrari mostra confiança por um ano diferente do atual; a tradicional equipe terminou o Mundial de Construtores somente na quarta posição, atrás de Williams, Red Bull e da campeã, Mercedes.
 
“Temos tirado toda a incerteza que nos prejudicou no início do trabalho do projeto de 2015.Posso assegurar que a equipe está fazendo um esforço fenomenal”, declarou o presidente ferrarista, ansioso pela estreia de Sebastian Vettel como novo piloto da equipe.
 
“A grande aposta de Vettel é também a nossa: reconstruir a equipe e fazê-la crescer. O trabalho que temos é dar garantias a esta equipe, trazer decisões claras e acreditar nas pessoas que fazem esse time”, completou o dirigente máximo da Ferrari, inserido no cargo neste ano.
 
Assim como Marchionne, Maurizio Arrivabene também é ‘novato’ na alta cúpula ferrarista. O novo chefe da equipe também se mostra ansioso por Vettel e traça um objetivo para 2015: no mínimo, conquistar duas vitórias durante a temporada de Fórmula 1.
 
Para voltar ao topo, Arrivabene aposta na empolgação do piloto alemão, a grande novidade na Ferrari em 2015. “Vettel tem quatro títulos mundiais e entusiasmo para trabalhar em conjunto. Ele certamente quer fazer a Scuderia crescer”, garantiu o chefe do time.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias