Ferrari troca o câmbio e Felipe Massa perde cinco posições

Com isso, o brasileiro larga em 11º e seu companheiro Fernando Alonso parte do lado limpo do grid

A Ferrari decidiu trocar o câmbio de Felipe Massa antes da largada do GP dos Estados Unidos. A troca faz com que o brasileiro, que alinharia em sexto no grid, caia para a 11ª colocação. Isso elevou seu companheiro Fernando Alonso ao sétimo lugar.

A equipe não chegou a efetuar a troca, apenas fez mudanças na peça, que não são permitidas pela FIA e, com isso, o piloto recebeu a punição. Oficialmente, o reconheceu que a decisão visa "maximizar o potencial de largada de Alonso, já que ele tem chances de vencer o campeonato". De acordo com o regulamento, a peça obrigatoriamente deve durar por cinco provas consecutivas.

A punição faz com que ambos os pilotos da Scuderia larguem do lado limpo da pista. Por ser um circuito novo e muito sujo do lado por que os carros não passam – de onde largarão os pilotos das posições pares – a expectativa é de que a falta de aderência faça com que eles percam até duas posições na largada.

O próprio Massa alertou para essa possibilidade após a classificação. “Acho que será a maior diferença que você já viu em uma largada. Será gigante. No treino livre, fiz um ensaio de largada do lado esquerdo e fui mais lento do que se estivesse molhado.”

Alonso precisa chegar pelo menos em quarto nos Estados Unidos para não depender do resultado de Sebastian Vettel para levar a decisão ao GP do Brasil.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias