FIA aumenta segurança no pitlane após acidente com cinegrafista

Mudanças que seriam adotadas ano que vem foram antecipadas: membros das equipes usarão proteção e velocidade cai

Depois que o cinegrafista Paul Allen, que fazia parte da transmissão oficial, foi atingido por um pneu mal fixado do carro de Mark Webber durante o GP da Alemanha, a FIA anunciou mudanças no regulamento esportivo para aumentar a segurança no pitlane.

Uma alteração no artigo 23.11 obriga todos os que trabalham nos carros a terem proteção na cabeça, enquanto o artigo 30.12 agora prevê que a velocidade no pitlane será reduzida de 100km/h para 80km/h. Nos circuitos de rua de Melbourne, Mônaco e Cingapura, o máximo segue sendo 60km/h.

Tais mudanças já estavam previstas para entrar em vigor ano que vem, mas a Federação Internacional de Automobilismo decidiu antecipá-las após o ocorrido em Nurburgring.

Allen foi hospitalizado após sofrer fraturas na clavícula e nas costelas. A Red Bull foi multada em 30 mil euros por ter liberado o carro de Webber com a roda ainda solta.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias