FIA autoriza equipes a montar retrovisores no halo

Entidade permitirá que times sigam este caminho de instalação, contanto que o conceito cumpra todos os regulamentos sobre o assunto

A FIA informou as equipes da F1 de que elas poderão a partir de agora montar seus retrovisores no halo, contanto que eles cumpram com todos os regulamentos relevantes.

Os retrovisores se tornaram assunto importante neste ano, com os pilotos percebendo que ficou ainda mais difícil enxergar atrás com as atuais regras para asa traseira, e equipes como a Ferrari adaptando seu conceito para ter ganhos aerodinâmicos. 

Algumas equipes podem agora considerar montar os retrovisores no halo como chance de obter maior ganho aerodinâmico.

Depois de ser questionado sobre o assunto, o diretor técnico de monopostos da FIA, Nikolas Tombazis, esclareceu que a posição da entidade e deu luz verde para que as equipes sigam este caminho.

Contudo, elas ainda terão de cumprir todos os regulamentos atuais referentes aos espelhos, incluindo aqueles que especificam uma “caixa” teórica dentro da qual terão de se situar, com a dimensão mínima de 150 mm x 50 mm, e passando pelo teste de visão traseira da FIA, na qual um piloto precisa ser capaz de ler letras ou números colocados atrás do carro. 

Os espelhos também terão de se adequar às regras que determinam que qualquer peça esteja a 20 mm da estrutura do halo, que foi escrita para cobrir quaisquer peças com fins aerodinâmicos. 

A FIA disse às equipes que elas possuem o ônus de provar que as instalações são seguras. “Esperamos que vocês consigam nos convencer de que a instalação seja suficientemente rígida para garantir que o retrovisor não vibre muito, o que limitaria a visibilidade do piloto.”

Além disso, os retrovisores não poderão ser montados em conjunto no halo e no chassi, porque tal disposição tornaria difícil remover o halo caso seja necessário.

Tombazis escreveu: “Não aceitaremos uma montagem dupla (halo + tradicional célula de sobrevivência), já que isso poderia causar atrasos caso a equipe de resgate tenha de remover o halo depois de um acidente.”

A FIA também apontou que as equipes não poderão instalar câmeras nos retrovisores montados no halo, o que pode se tornar um problema caso a FOM peça para que um carro específico use tais câmeras. 

“Não aceitaremos um cabo ou um conector passando pela montagem do halo. Portanto, se houver um caso raro de uma equipe receber o pedido de montar as câmeras nos retrovisores (posição 1 do desenho 6 do Regulamento Técnico), a equipe deverá contar com um espelho instalado no chassi ou na parte lateral.”

 

Ferrari SF71-H Conceptual Halo mirror mounting detail
Imagem conceitual do retrovisor montado no halo da Ferrari SF71-H 

Photo by: Matthew Somerfield

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias