FIA barra teste de piloto de 19 anos da Red Bull

compartilhar
comentários
FIA barra teste de piloto de 19 anos da Red Bull
12 de jul de 2018 15:59

Britânico que deve substituir Brendon Hartley no próximo ano não consegue aval de Federação devido a regras da super licença

A FIA bloqueou os planos da Red Bull de testar com o piloto britânico de 19 anos Dan Ticktum da Fórmula 3 Europeia.

Querendo dar experiência ao jovem piloto, a Red Bull planejava dar ao britânico seu primeiro teste na F1 em Hungaroring, em 31 de julho e 1 de agosto, no teste para jovens pilotos. No entanto, as regras de super licença da FIA impedirão Ticktum de participar do treino.

O piloto é o mais cotado para substituir Brendon Hartley na Toro Rosso em 2019.

"Ele fez grandes corridas na Fórmula 3, mas ainda não marcou os pontos para a licença", disse Marko à revista alemã Auto Motor und Sport.

"Como vamos trazer nossos jovens pilotos para a Fórmula 1?"

Marko assegura que ele testará no treino pós-temporada em Abu Dhabi.

Ticktum ficou famoso em 2015, quando teve uma suspensão de dois anos do automobilismo por ter deliberadamente colidido com um rival da MSA Fórmula durante um Safety Car e após ultrapassar dez carros em Silverstone. O segundo ano de banimento foi retirado.

Desde então, o jovem reconstruiu sua carreira, em grande parte graças a Red Bull e Helmut Marko.

"Não é coincidência que o programa de jovens pilotos tenha se mostrado tão bem-sucedido", disse Ticktum.

"Eu acho que é a filosofia dele para os jovens pilotos - pedindo que eles continuem com as coisas e as lições que ele faz com que aprendam.”

"Eu sei que sou rápido o suficiente e bom o suficiente para entrar na F1, mas preciso me concentrar em algumas peças do quebra-cabeça. Mas já estou muito mais perto do passo final", disse ele.

Next article
Whiting: FIA está de olho nas ondulações de Silverstone

Previous article

Whiting: FIA está de olho nas ondulações de Silverstone

Next article

Kubica: status de astro distorceu testes em 2017

Kubica: status de astro distorceu testes em 2017
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1