FIA esclarece regra de dois movimentos em disputas

compartilhar
comentários
FIA esclarece regra de dois movimentos em disputas
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
11 de out de 2018 11:41

Após reclamação de Hamilton em briefing, diretor de provas da Fórmula 1 diz que movimentos em direções diferentes não serão aceitos

Após o bloqueio duplo de Sebastian Vettel a Lewis Hamilton enquanto os dois lutavam por posição no GP da Rússia, o incidente foi discutido no briefing dos pilotos no Japão no último final de semana.

Lá, Hamilton quis esclarecer se os pilotos poderiam ou não se mover duas vezes na mesma direção e não serem punidos, pois ele achava que as ações de Vettel não eram aceitáveis.

A FIA há muito deixou claro que se um piloto mudar de direção mais de uma vez em uma tentativa de defender sua posição, ele será investigado pelos comissários por uma violação das regras.

Na Rússia, Hamilton sentiu que Vettel mudou duas vezes – uma vez para fechar a porta inicialmente e depois novamente para deixar seu rival da Mercedes sem ter para onde ir.

O diretor de provas da F1, Charlie Whiting, manteve sua crença de que as ações de Vettel não poderiam ser vistas como dois movimentos separados, porque eles estavam na mesma direção.

Mas agora ele explicou aos pilotos que no futuro uma manobra da mesma maneira pode não ser necessariamente permitida se houver um intervalo de tempo entre as ações.

"A regra sobre duas manobras é tradicionalmente fazer um movimento de um jeito e então fazer um segundo movimento para o outro lado", disse Whiting quando perguntado pelo Motorsport.com sobre o resultado da discussão no briefing dos pilotos no último final de semana.

“Acho que todos sentiram que isso era o que geralmente era compreendido pela regra, mas devo dizer que quando vi pela primeira vez o incidente na corrida na Rússia, pensei o mesmo: ele [Vettel] moveu-se duas vezes quando o viu Lewis chegando.”

“Mas quando você olha para isso a partir das câmeras na pista, na imagem da frente quando eles estão vindo em sua direção, é muito menos claro: parece um movimento com uma hesitação.”

"Não parece dois movimentos distintos, e é por isso que os comissários não acharam que poderiam justificar uma penalidade."

Whiting disse que agora se um piloto fizer um segundo movimento na mesma direção, com uma pausa no meio, isso será tratado como uma violação das regras.

"O que eu quis esclarecer para eles é que se um piloto faz dois movimentos na mesma direção, isso é o mesmo que fazer um em qualquer direção", disse ele.

“Então, se Seb tivesse ido uma vez, olhado e depois ido de novo muito, muito claramente, eu acho que seria tão ruim quanto fazer um movimento em qualquer direção.”

Next article
Sirotkin: Williams de 2019 é “grande passo à frente”

Previous article

Sirotkin: Williams de 2019 é “grande passo à frente”

Next article

F1 abandona ideia de mudar sistema de pontuação

F1 abandona ideia de mudar sistema de pontuação
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias