FIA começa julgamento do “Testgate” em Paris

compartilhar
comentários
FIA começa julgamento do “Testgate” em Paris
Por: Gabriel Lima
20 de jun de 2013 07:58

Grande surpresa é a presença de Christian Horner da Red Bull. Outras equipes mandam apenas representantes

Começou nesta manhã em Paris o julgamento do caso “Testgate”. O tribunal é liderado por Edwin Glasgow, que é juiz da corte de apelação da FIA, vice-presidente do Conselho Internacional de Automobilismo e juiz da corte da Premier League.

Também fazem parte do julgamento o advogado monegasco e vice-presidente do Tribunal Penal Internacional, Laurent Anselmi, o advogado norte-americano Chris Harris, o suíço Patrick Raedersdorf e o Presidente do Conselho de esportes a motor do Reino Unido, Tony Scott Andrews.

Na sessão, a FIA deve falar primeiro. Depois a Mercedes deve apresentar sua defesa, e só por último a fabricante Pirelli.

Pela Mercedes estão presentes Ross Brawn, diretor da equipe, Ron Meadows, coordenador do time, e o engenheiro de corrida, Andrew Shovlin. Paul Hembery está presente como diretor esportivo da Pirelli.

Além deles, Chritian Horner também está acompanhando o julgamento, enquanto que Ferrari e Williams levaram representantes legais.

O veredicto do tribunal será alcançado com a maioria dos votos, apesar do juiz Glasgow ter capacidade de anular a decisão.

Próxima Fórmula 1 matéria
Ron Dennis duvida da presença de mulheres na F1 num futuro próximo

Previous article

Ron Dennis duvida da presença de mulheres na F1 num futuro próximo

Next article

Para FIA, é "irrelevante" aprovação de teste dada por Charlie Whiting

Para FIA, é "irrelevante" aprovação de teste dada por Charlie Whiting
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias