FIA confirma a realização do Grande Prêmio do Bahrein

Federação que controla o automobilismo afirma receber relatórios regulares que garantem condições para a realização da prova

A Federação Internacional de Automobilismo anunciou na manhã desta sexta-feira, no horário chinês, que seguirá adiante com a realização do Grande Prêmio do Bahrein. A entidade alega que monitora a situação no país desde do ano passado e que são constantes os relatos de que há condições para se realizar a prova.

Nos últimos dias, foram relatados, através da internet, por veículos de imprensa e cidadãos barenitas, vários protestos contra a realização da corrida. Nesta quinta-feira, em Xangai, os pilotos evitaram comentar o assunto, mas muitos demonstraram preocupação em competir no Bahrein.

Segue o comunicado da FIA na íntegra:

A FIA é o orgão dirigente do automobilismo e portanto da Fórmula 1. Sendo assim, define o calendário após a proposta do detentor dos direitos comerciais (CRH), de acordo com as autoridades locais nacionais em todos os assuntos relativos à segurança.

Dentro desse contexto, a FIA garante que qualquer evento que faz parte de um Campeonato Mundial da FIA está organizado em conformidade com os estatutos da FIA e respectivos regulamentos desportivos e técnicos e que a segurança do público, funcionários, pilotos e equipes é garantido em todos os momentos durante um evento.

A FIA tem de tomar decisões racionais com base nas informações fornecidas a nós pelas autoridades do Bahrein e pelo detentor dos direitos comerciais. Além disso temos nos esforçado para avaliar a situação em curso no Bahrein.

Presidente Jean Todt liderou uma missão de apuramento para o Reino em novembro de 2011, atendendo a um grande número de formadores de opinião, incluindo os membros xiitas eleitos do parlamento, o presidente da Comissão Independente de Inquérito Bahrain, embaixadores dos países da União Europeia, o príncipe herdeiro, o ministro do Interior, e muitos membros da comunidade empresarial.

Todos expressaram o seu desejo para o Grand Prêmio ir em frente em 2012, e desde então, a FIA manteve em contato estreito com todos os interessados. Longe dos olhos do público, a FIA recebeu briefings de segurança regulares dos mais altos funcionários diplomáticos, com base no Reino, bem como de outros especialistas independentes.

O calendário de 2012, conforme apresentado pelo CRH, foi ratificado pelo Conselho Mundial de Automobilismo ( WMSC) em setembro de 2011. Desde então, nenhum pedido da Comissão de F-1 ou o CRH tem sido feito para o Conselho Mundial para adiar ou cancelar o Grande Prêmio do Bahrein.

Com base na informação atual que a FIA dispõe neste momento, ela está convencida de que todas as medidas adequadas de segurança estão apropriadas para a execução de um evento do Campeonato Mundial no Bahrein.

Portanto, a FIA confirma que o Grande Prêmio do Bahrein irá adiante como programado.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Tipo de artigo Últimas notícias