FIA considera ilegal o sistema de controle de altura

Solução encontrada ao menos por Lotus e Ferrari que simula o efeito de uma suspensão ativa e melhoraria estabilidade

A Lotus teria o sistema de controle de altura mais avançado

A FIA decidiu que os dispositivos que ao menos Lotus e Ferrari vinham desenvolvendo para tentar recriar o efeito da suspensão ativa é ilegal de acordo com o regulamento técnico. A entidade enviou uma carta ontem a todas as equipes comunicando a decisão.

A novidade, que prometia ser a vedete dos testes de pré-temporada, que se iniciam dia 7 de fevereiro, em Jerez de la Frontera, na Espanha, foi vista pela primeira vez no teste para jovens pilotos no carro da Lotus. A Ferrari já havia anunciado que também trabalhava no sistema.

Ele controlaria a altura do carro por meio de cilindros hidráulicos localizados abaixo dos braços de suspensão, acionados por meio do freio e ajudaria não só melhorar a estabilidade, como até na economia dos pneus.

Segundo a FIA, o sistema vai contra os artigos 3.15, que fala sobre peças móveis que influenciam a aerodinâmica, e possivelmente 10.2.1 e 10.2.3, sobre o posicionamento de rodas e suspensão, do regulamento técnico.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias