FIA decide diminuir zona de ativação da DRS em relação a 2011

Asa traseira continua sendo usada durante a prova da China na maior reta do circuito, mas por 50m a menos

A longa reta de Shangai terá a ativação da DRS

A FIA decidiu manter a zona de abertura de DRS durante a corrida no mesmo lugar para o GP da China, mas aproximou a linha de ativação em cerca de 50m do ponto de freada.



O ponto de detecção da distância entre os carros segue sendo na curva 12 e a ativação se dá mais um menos na metade da reta seguinte, a 752m da freada para a curva 14, no que já é o ponto de maior velocidade máxima do circuito.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Tipo de artigo Últimas notícias