FIA determina um ponto de ativação da asa traseira móvel em Cingapura

compartilhar
comentários
FIA determina um ponto de ativação da asa traseira móvel em Cingapura
Por: Julianne Cerasoli
21 de set de 2011 15:48

Carros poderão acionar o dispositivo antes da curva em que Hamilton e Webber se tocaram ano passado

Batida tirou Hamilton da prova em 2010

A FIA anunciou que o GP de Cingapura terá uma zona de ultrapassagem, localizada na reta após a curva cinco. Trata-se da reta que antecede a curva em que vários toques aconteceram ano passado, inclusive entre Mark Webber e Lewis Hamilton, que tirou o inglês da prova.

O ponto de detecção será 230m antes da curva cinco e a ativação ocorrerá 35m após a tangência da curva. Como a curva seis é feita com o pé embaixo e as asas só param de funcionar quando o piloto pisa no freio, ela estará ativada até a freada da curva sete.

Naquele trecho, os pilotos chegam perto dos 300km/h e mantêm o pé embaixo por quase 10s.

Próxima Fórmula 1 matéria
Alguersuari diz conviver bem com indefinição na Toro Rosso

Previous article

Alguersuari diz conviver bem com indefinição na Toro Rosso

Next article

Massa admite que derrota de 2008 em Cingapura "ainda dói"

Massa admite que derrota de 2008 em Cingapura "ainda dói"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Singapura
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias