FIA esclarece regras para defesa de posição às equipes

Charlie Whiting revela que o carro que vai à frente pode usar toda a pista para defender a posição em retas e freadas

Foram divulgadas nesta quinta-feira partes de informativo distribuído pela FIA, e assinado pelo diretor de provas Charlie Whiting, esclarecendo como um piloto pode agir no caso de defesa de posição durante uma corrida.

Na cartilha, Whiting comenta que o piloto que vai à frente poderá utilizar toda a pista para defender e "bloquear" a passagem do de trás, desde que o rival não esteja com "uma parte significativa" do carro ao lado. De acordo com o texto, essa parte significativa seria: "se alguma parte da asa dianteira do carro ultrapassar ao lado da roda traseira do veículo na frente."

"Qualquer piloto que está defendendo sua posição nas retas ou antes da zona de frenagem pode usar toda a pista durante o primeiro movimento, desde que uma parte significativa do outro carro não esteja lado a lado. Ao defender desta maneira, o piloto não pode sair da pista sem uma justificativa aceitável", diz o documento.

Previamente, segundo o artigo 20.2 do regulamento desportivo, o piloto que defende a posição deveria deixar espaço para o carro que tenta a ultrapassagem durante a mudança de posição à qual tem direito.

O documento ainda deixou claro que cabe aos comissários a interpretação se um piloto teve vantagem ao sair da pista. "Os comissários devem ser encorajados a usar seu julgamento quando não fica totalmente claro se um piloto obteve  vantagem ao cortar um trecho da pista." 

Revelado hoje, este informativo foi divulgado na sexta-feira antes do Grande Prêmio do Canadá.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias