FIA está satisfeita com trabalho no autódromo Hermanos Rodriguez

Jean Todt e Charlie Whiting saíram felizes com o que viram em visita na Cidade do México.

O diretor de provas, Charlie Whiting e o presidente da FIA, Jean Todt, aprovaram os trabalhos de remodelação em andamento do autódromo Hermanos Rodrigues, que sediará o GP do México no dia 1° de novembro.

"Estou impressionado com o avanço das obras em geral e com a qualidade do profissionalismo em que se está levando o projeto. Estive aqui há apenas um mês e o avanço foi significativo", disse Whiting.

O diretor, que fez várias visitas ao circuito neste ano, percorreu a pé os 4,3 km da pista e afirmou que está "tranquilo e confiante" que os trabalhos terminem a tempo.

Todt também inspecionou os trabalhos, em especial a nova torre de controle e os 33 novos boxes.

Os organizadores informaram que durante o fim de semana chegou a primeira carga de Tecpro, material que absorve impactos, que será colocado em áreas de segurança tanto para os pilotos, quanto para o público.

O engenheiro Christian Epp, da empresa alemã Tilke, responsável pelo trabalho, disse na sexta-feira que o progresso da remodelação está na faixa de 75-90%.

O México já recebeu 16 GPs em duas fases, 1962-1970 e de 1986 a 1992. O último pódio foi composto pelo britânico Nigel Mansell, o italiano Ricardo Patrese e por Michael Schumacher.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags autodromo hermanos rodriguez, charlie whiting, gran premio, jean todt, mexico