FIA: proteção de cockpit da Red Bull está atrás do Halo

Federação leva a sério testes com Halo e promete adotá-lo como obrigatório já a partir da próxima temporada

Diretor de provas da Fórmula 1, Charlie Whiting confirmou que a categoria irá adotar o Halo para o ano que vem. Ele ainda diz que a ideia da Red Bull - que ainda será testada na pista - se for implementada só será após 2017.

"Acho que estamos indo muito bem", disse Whiting sobre o Halo.

"Ele tem sido testado extensivamente agora, e acho que vai oferecer uma proteção muito boa para uma roda que voar, por exemplo”.

"Nós precisamos fazer uma avaliação de risco minuciosa, precisamos olhar para uma série de outras coisas relacionadas, como a desaceleração. Temos que falar com as equipes médicas sobre o assunto. Mas eu acho que vai dar certo.”

"Temos um grupo de trabalho separado apenas para lidar com isso. Ele é liderado pela Mercedes e a Ferrari. Eu diria que estão fazendo um trabalho realmente bom nisso.”

"A ideia da Red Bull é uma alternativa para isso. Está consideravelmente mais para trás no desenvolvimento. Nunca foi testada, mas poderia oferecer proteção adicional. Mas eu tenho minhas dúvidas de que ele poderia realmente ser implementada para 2017, ao passo que eu acho que o Halo pode."

Whiting disse que mesmo o conceito da Red Bull sendo interessante a longo prazo, o Halo ainda será introduzido no próximo ano.

"Acho que vamos para o Halo antes, porque já foi testado. Nós sentimos que oferece a melhor proteção.”

"Nós temos, como eu disse anteriormente, uma avaliação de risco minuciosa para fazer em um número de diferentes cenários de acidentes. Obviamente queremos ter certeza de que nós não vamos piorar as coisas.”

Whiting reconheceu que as equipes precisam saber a especificação padrão do Halo antes de começarem a trabalhar no design do carro de 2017. O teste apontou que os pilotos não terão dificuldades para sair do carro.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags fia, formula 1, halo, safety, whiting