FIA quer eliminar cobertores e usar rodas maiores em 2021

compartilhar
comentários
FIA quer eliminar cobertores e usar rodas maiores em 2021
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
20 de jul de 2018 15:41

A F1 está em uma nova tentativa de banir os cobertores térmicos dos pneus para 2021, sendo que a FIA iniciou o processo de seleção para o novo contrato de fornecimento incluindo rodas de 18 polegadas.

A próxima fornecedora estará presente na F1 de 2020 a 2023, sendo que o primeiro ano de contrato contará com os pneus de mesma dimensão dos atuais, além da permanência dos cobertores.

Para 2021, os pneus dianteiros ficarão mais estreitos, indo de 350mm a 270mm. Os traseiros permanecerão os mesmos, com 405mm, enquanto que o diâmetro aumentará de 670mm a algo entre 700 e 720mm.

Isso significa que, caso outra fornecedora que não seja a Pirelli vença a concorrência, ela terá de desenvolver pneus do zero que serão usados por somente um ano antes de um grande pacote de mudanças para 2021.

O banimento dos cobertores será um dos maiores desafios técnicos que as empresas que participarão da concorrência enfrentarão.

O assunto tem sido discutido e houve tentativas de introduzir a mudança, mas os planos sempre foram cancelados por questões de segurança.

A FIA esclareceu, no entanto, que ela acredita que há uma forma para que isso seja possível.

A FIA esclarece que “a melhora do espetáculo” é prioridade número um, e que o processo deverá começar no último ano de contrato com os pneus do atual tamanho.

Haverá três compostos para cada corrida, como já era esperado, com nomes simplificados em “duro”, “médio” e “macio”. A FIA classifica os pneus como:

- Duro: 2s de degradação obtido em 22% da distância de corrida

- Médio: 2s de degradação obtido em 18% da distância de corrida, e 1s2 mais rápido que o duro

- Macio: 2s de degradação obtido em 10% da corrida, e 2s2 mais rápido do que o duro

A FIA espera que haja maior variedade estratégica, estabelecendo o seguinte padrão:

- 1 pneus médios + 1 pneu duro = corrida de 1 parada

- 1 pneu macio + 2 pneus médios = corrida de 2 parada

- 3 pneus macios + 1 pneu médio = corrida de 3 paradas

Quanto ao desgaste dos pneus, a FIA afirmou que foi considerado “o desejo para que isso tenha impacto na estratégia, mas que não apresente um desgaste excessivo”.

As fornecedoras terão até 31 de agosto para enviar suas candidaturas. Uma decisão técnica e de segurança será tomada no dia 14 de setembro, e, então, serão considerados os aspectos comerciais entre as fornecedoras que forem aprovadas.

O Liberty, então, fará sua escolha, o que terá de passar por aprovação oficial da FIA.

Next article
10 anos: Relembre o último pódio com dois brasileiros na F1

Previous article

10 anos: Relembre o último pódio com dois brasileiros na F1

Next article

Ferrari testa sistema de escapamento único em Hockenheim

Ferrari testa sistema de escapamento único em Hockenheim
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper