FIA rejeita protesto da Lotus e novamente dá causa ganha à Mercedes

Equipe entrou junto à entidade pedindo que ela revisse a legalidade com base no artigo 3.15 do regulamento esportivo

Sistema de duto passivo é legal

Em resposta ao , a Federação Internacional de Automobilismo voltou a dar ganho de causa à equipe prateada, dizendo que seu projeto está dentro das regras do esporte.

A Lotus, junto de outros times, questionou anteriormente a legalidade do sistema junto à FIA, mas em todas as reclamações passadas a entidade deu ganho de causa para a equipe de Brackley. Desta vez, o protesto foi formal, mas ainda assim a entidade não cedeu. O time de Enstone não pretende recorrer da decisão.

O sistema de dutos da Mercedes funciona quando a asa móvel do carro está aberta. Deste modo, o ar pode entrar em um orifício na asa traseira, percorrer todo o carro e ser expelido na asa dianteira, "estolando-a", e com isso, ganhando maior velocidade.

Agora as equipes viverão um dilema: valerá a pena investir dinheiro para projetar sua própria versão do sistema, ou deve-se buscar outros meios de ganhar desempenho?

O próprio Ross Brawn, chefe da equipe Mercedes, disse em entrevista que o sistema não é caso, porém é de difícil instalação.

"É um sistema muito simples, barato, mas não tão fácil de implementar em um carro. Este é o centro da frustração de alguns dos nossos adversários", explicou Brawn à BBC.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias