FIA retira brecha de queima de óleo na classificação da F1

compartilhar
comentários
FIA retira brecha de queima de óleo na classificação da F1
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
3 de mai de 2018 10:31

A FIA introduziu mais restrições na melhora de performance através da queima de óleo por proibir expressamente que as equipes da F1 reponham sistemas de óleo durante a classificação.

A queima de óleo continua a ser um assunto no paddock, apesar dos constantes esforços da FIA para erradicar a prática ao restringir os níveis de consumo. 

Antes desta nova medida da FIA, o chefe da Red Bull, Christian Horner, disse em fevereiro: “Gostaríamos de ver isso [as regras] indo além, porque ainda não lida com a classificação. Ela menciona a corrida, mas ainda há janelas de oportunidade na classificação que gostaríamos de ver fechadas. Tomara que isso tenha efeito em criar a convergência de motores.”

A intenção dos esclarecimentos mais recentes é permitir que o delegado técnico da FIA, Jo Bauer, e sua equipe, monitorem adequadamente o consumo de óleo durante a sessão em que as equipes têm mais a ganhar ao forçar as regras ao limite e impulsionar a performance, sobretudo nas voltas críticas do Q3. 

Agora, a FIA deixou claro que as equipes não podem acrescentar óleo ou transferi-lo de um tanque auxiliar para qualquer sistema de lubrificação durante a classificação.

Enquanto isso levanta uma suspeita óbvia de que algumas equipes podem estar fazendo isso para disfarçar um consumo mais alto, fontes indicam que isso se trata de uma medida preventiva da FIA para evitar a possibilidade de isso acontecer. 

O chefe de assuntos técnicos de monopostos da FIA, Nikolas Tombazis, disse às equipes: “Após várias discussões sobre o assunto, queremos esclarecer que, a fim de permitir que a FIA monitore o consumo de óleo durante a classificação de forma precisa, nenhum óleo poderá ser acrescentado ao carro, nem ativar qualquer tanque auxiliar de óleo.”

Ele acrescentou: “Exceções ao tópico acima, contudo, podem ser dadas em ocasiões excepcionais após o pedido de uma equipe preocupada – e tais exceções serão dadas a critério único do delegado técnico da FIA.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Haas: Ainda falta algo para competir contra os grandes da F1

Previous article

Haas: Ainda falta algo para competir contra os grandes da F1

Next article

Magnussen: pedi desculpas “várias vezes” a Gasly por Baku

Magnussen: pedi desculpas “várias vezes” a Gasly por Baku
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias