"Ficaria surpreso se outra equipe vencesse neste ano", diz Button

Inglês acredita que todas as provas ficarão entre Rosberg e Hamilton e alerta alemão sobre "jogos psicológicos"

Jenson Button não acredita que alguém conseguirá ameaçar o domínio da Mercedes nesta temporada – mas vê a briga interna entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton pegando fogo ao longo do ano.

O ex-companheiro de Hamilton na McLaren acredita que o inglês tentará mexer com o psicológico do alemão, mas não vê Nico caindo nas armadilhas de Lewis. Depois de quatro vitórias seguidas, Hamilton tomou a liderança do campeonato das mãos de Rosberg.

“Tenho certeza de que haverá – se ainda não há – joguinhos psicológicos. Houve algumas coisas que aconteceram comigo”, disse, ao Daily Mail, o inglês, que dividiu a equipe com Hamilton durante três temporadas. “Isso funcionaria em alguns pilotos, enquanto torna outros mais fortes porque eles riem disso. Nico é inteligente o bastante para saber se Lewis está ou não jogando, e isso pode ajudá-lo ou fazer mal a ele. E ele pode acabar se enchendo disso.”

Fora seu próprio companheiro, Button não vê Hamilton sendo pressionado por mais ninguém na briga pelo título. “Sei que só passaram cinco corridas, mas a liderança deles é tão grande que eles não terão de favorecer um piloto. Eles vão deixar os pilotos disputarem para manter o show vivo e precisamos que eles façam isso”, acredita.

“Eu ficaria impressionado se outro carro vencesse este ano. Talvez a Red Bull possa vencer em Mônaco porque não é um circuito de potência. Mas será difícil para qualquer um, se eles conseguirem terão feito um trabalho excelente.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias