Focado na F2, Russell rejeitou treino pela Force India

compartilhar
comentários
Focado na F2, Russell rejeitou treino pela Force India
Por: Scott Mitchell
Co-autor: Jack Benyon
7 de set de 2018 13:06

George Russell afirmou que as chances para ganhar mais experiência em um carro de F1 são incertas para a atual temporada, já que ele rejeitou uma oportunidade de atuar na Force India no primeiro treino livre do GP da Itália para se concentrar na luta pelo título da F2.

Russell já testou pela Mercedes e pela Force India nesta temporada e estava destinado a fazer sua primeira aparição em um treino livre em Monza.

Contudo, ele está no meio de uma disputa ferrenha pelo título da F2 com o piloto protegido da McLaren Lando Norris, sendo que é improvável que ele venha a participar de um treino livre de F1 até que isso seja resolvido.

“Era para eu guiar no primeiro treino livre com a Force India neste fim de semana”, disse Russell ao Motorsport.com. “Nessa tensa batalha pelo título no momento, preferimos colocar mais foco na F2, na verdade.”

“Fizemos o treino livre com a Force India em Abu Dhabi, no ano passado [quando Russell ainda lutava pelo título da GP3] e depois fiz a pole, então não acho que teria afetado muito.”

“Você pode ser pego pelo sonho da F1 e esquecer quais são suas prioridades. A F2 é a minha prioridade.”

“Não sei se faremos outro treino livre nessa temporada, mas, mesmo assim, acho que a Mercedes pensa nos meus melhores interesses. Tenho total confiança de que eles estão fazendo tudo o que podem para garantir meu futuro na F1.”

Há mais duas rodadas duplas pela frente na temporada, na Rússia e em Abu Dhabi, com Russell estando 22 pontos à frente de Norris.

Russell, que também é piloto reserva da Mercedes, não terá atividades da F2 nas outras cinco corridas da F1, em Cingapura, Japão, Estados Unidos, México e Brasil.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, disse: “Foi decisão dele, na verdade. Ele pensou que fazer o treino livre em um carro de F1 seria uma distração.”

“Acho que foi uma decisão sensata não estar distraído pela F1 e, em vez disso ,se concentrar em seu atual trabalho na F2.”

As possibilidades de Russell na F1 para a próxima temporada parecem ter diminuído como resultado das dificuldades da Force India e sua compra, o que deve incluir mudança nos pilotos.

Lance Stroll deverá se mudar à equipe, já que seu pai, Lawrence, liderou um consórcio que adquiriu a equipe, sendo que Sergio Pérez deve permanecer como seu companheiro de equipe.

Isso significa que Esteban Ocon, também piloto júnior da Mercedes, perderá sua vaga, e resolver sua solução será prioridade para a fabricante diante da possível promoção de Russell.

A melhor chance de Russell parece ser na Williams, mas há especulações de que Artem Markelov, seu rival na F2, esteja no páreo para formar uma dupla russa com Sergey Sirotkin.

George Russell, ART Grand Prix

George Russell, ART Grand Prix

Photo by: FIA Formula 2

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel descarta ordens de equipe na Ferrari

Previous article

Vettel descarta ordens de equipe na Ferrari

Next article

FIA exige que Ferrari pare de usar bolsa de gelo na câmera

FIA exige que Ferrari pare de usar bolsa de gelo na câmera
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , FIA F2
Pilotos George Russell
Equipes Racing Point Force India
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias