"Foi estranho. Já vi este filme antes", comentou Massa, sobre erro de Rosberg

Alemão da Mercedes errou e provocou bandeira amarela no final do treino, atrapalhando Hamilton e garantindo a pole

Foi estranho. Esta é a visão de muitos que acompanharam o treino classificatório para o GP de Mônaco e viram Nico Rosberg garantir a pole justamente porque cometeu um erro. E esta é também a opinião do brasileiro Felipe Massa. Para Massa, qualquer piloto de F1 poderia facilmente cometer o erro feito por Rosberg de maneira proposital.

“Foi estranho. Minha sensação é que foi estranho. Já vi esse filme antes”, disse o piloto ao TotalRace lembrando provavelmente do GP de 2006, quando Michael Schumacher fez boa volta e parou o carro na Rascasse, atrapalhando Fernando Alonso, que tentava a pole. O alemão acabou punido. Dessa vez, o erro de Rosberg causou uma bandeira amarela que atrapalhou a última tentativa de Lewis Hamilton e garantiu a pole ao alemão.

[publicidade] “E pra falar que ele (Rosberg) não errou mesmo? É difícil, porque ele travou as rodas e foi reto. É um erro fácil de fazer ali desse jeito, por isso é difícil saber se foi por querer ou não”, comentou o piloto, que sentiu isto na pele neste sábado, quando Ericsson perdeu o carro na mesma curva e tirou o brasileiro do treino.

“Mas, travar a roda de propósito também é muito fácil. Nenhuma dificuldade”, ponderou.

Sobre a manobra de Rosberg após cometer o erro, quando ele deu rá e voltou à pista, o que está sendo investigado pela FIA, Massa não viu nenhuma irregularidade. “Acho que foi um procedimento normal. Ali fica estreito e não dá pra virar, fazer o 180º. Senão, ele não ia dar ré”, explicou.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias